Júpiter entra no signo de Câncer

Continuando o seu caminho pelo círculo zodiacal, o planeta Júpiter adentra o signo de Câncer, inaugurando um ciclo de ampliação do sentimento, da emoção e da poética.

O planeta Júpiter, o maior do Sistema Solar, pode ser considerado, do ponto de vista astronômico, um astro gigantesco. Possui mais de vinte satélites, incluindo Ganimedes, a maior lua do Sistema Solar. Além disso, Júpiter é o único corpo celeste do sistema, além do Sol, a emitir radiações, o que faz dele uma proto-estrela.

Júpiter

Júpiter

Todos esses fatores, associados à sua simbologia mitológica, fazem de Júpiter o grande amplificador astrológico: regendo as forças de expansão, Júpiter amplifica, expande, tudo o que toca. Segundo a Mitologia Grega, Júpiter é associado a Zeus, o incontestável soberano de todos os deuses e homens, o senhor absoluto e o mais poderoso de todos os imortais. Representa a ordem final do Universo, após o Caos inicial e as sucessivas lutas pelo poder.

O planeta Júpiter tem um período de revolução de aproximadamente 12 anos, ou seja, esse é o tempo que ele leva para dar um giro completo ao redor do Zodíaco.

A cada 12 anos, portanto, Júpiter passa por todo o Zodíaco, amplificando e expandindo os significados do signo por onde estiver transitando. Durante aproximadamente um ano, que é o tempo que ele fica em cada signo, as regências e assuntos relacionados àquele signo são ampliados e realçados, dando ao mundo um colorido particularmente marcado pelos matizes daquela constelação zodiacal.

CâncerAo longo dos próximos doze meses, tempo de duração da sua estada em Câncer, signo da memória, das emoções, dos sentimentos, Júpiter traz uma expansão desses fatores, em todos os níveis. Então é de se esperar que aflorem de forma mais evidente sentimentos como medo, insegurança, alegria, raiva, otimismo, saudades, mágoa, prazer, etc… Mas como Júpiter está também associado à Sabedoria, precisamos ficar atentos para saber o que faremos com toda essa informação emocional, como processá-la, identificar suas origens e usá-las como fonte de autodescoberta.

Poética do sentir no tempo

Também a poética, significativo atributo do signo de Câncer, estará em alta.

Há um poeta argentino chamado Juan Gelman, Lua e Plutão no signo de Câncer, que uma vez se perguntou: “Onde estão os meus contemporâneos?”

E diz que às vezes encontra homens com cheiro de medo em Paris, Buenos Aires ou qualquer outro lugar e sente que

Juan Gelman

Juan Gelman

 esses homens não são seus contemporâneos.

Mas existe um chinês que, há milhares de anos, escreveu um poema sobre um pastor de cabras que está longe, muito longe da mulher amada e mesmo assim pode escutar, no meio da noite, no meio da neve, o rumor do pente passando por seus cabelos.

E lendo esse poema remoto, Juan Gelman comprova que sim, que eles, sim: que esse poeta, esse pastor e essa mulher são seus contemporâneos.

Pois é…

A passagem de Júpiter pelo signo de Câncer é um sinal cósmico de nossa aproximação com aquilo que nos emociona, com aquilo que, de alguma forma, identificamos como sendo a nossa origem, com aquilo  que nos enternece. Ainda que distante de nós, ou, como nos ensina o Gelman, separado de nós por milhares de quilômetros ou milhares de anos.

Atenção Cancerianos, Capricornianos, Arianos e Librianos

Detalhe importante.

Se você tem o Sol nos signos de Câncer, Capricórnio, Áries ou Libra, ou seja, se é nativo de algum desses signos, Júpiter realizará, ao longo dos próximos doze meses, um ângulo duro com o seu Sol.

Fique atento, pois isso pode gerar um momento de crise expansiva. Ou seja, tende a criar uma ilusão de superpoder ou de invencibilidade que pode resultar em verdadeiras tragédias. Vá com calma e busque analisar as coisas com objetividade.

Movimentos Sociais e Sentimentos Pátrios

Um último item para a nossa reflexão…

A face estrelada da Mãe Pátria

A face estrelada da Mãe Pátria

Obviamente, o signo de Câncer está associado ao conceito de maternidade. Tanto que o símbolo deste signo é um glifo que, de alguma forma, remete a um útero. Ou seja, o conceito de mãe, de um modo geral, está associado a Câncer. Inclusive o de mãe pátria. Quem sabe os acontecimentos recentes no Brasil, quem sabe o ímpeto de comoção e entusiasmo demonstrado pelos torcedores brasileiros nos estádios, cantando o Hino Nacional Brasileiro à capela, durante a Copa das Confederações, quem sabe os movimentos que venham a acontecer nos próximos doze meses, sob a égide de Júpiter em Câncer, quem sabe tudo isso possa trazer ao povo brasileiro um resgate da identidade pátria e um orgulho de ser rebento dessa Mãe, uma Mãe de face estrelada, que sabe, sobretudo, que um filho seu não foge à luta.

About these ads

Sobre Haroldo Barros

Sou profissional da Astrologia e outras práticas da evolução humana há vinte anos. A minha contribuição para a ordem cósmica consiste em ajudar as pessoas encontrarem os caminhos e os meios de cultivar a própria felicidade.

Publicado em 30/06/2013, em Posts Astrais. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Grande Haroldo,

    obrigado!

    Abraço!
    Carlos.

Faça seu comentário, pergunta ou sugestão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 250 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: