Vênus entra em Virgem

No próximo dia 03 de Outubro, o planeta Vênus adentra o signo de Virgem, inaugurando um ciclo de reflexão sobre a necessidade de resgatar a pureza e os princípios que regem o amor.

 

 “Eu não sou eu nem sou o outro

Sou qualquer coisa de intermédio

Pilar da ponte de tédio

Que vai de mim até o outro”

 

Os versos acima, do poeta português Mário de Sá-Carneiro, retratam uma realidade tanto comum como lamentável: o óbvio fato de que a maioria das relações afetivas fatalmente descamba para a mais penosa e tediosa das agonias. Depois de algum tempo, uma boa parte dos casais apenas “vai convivendo”, sem que isso traga qualquer coisa de significativo ou impactante para suas vidas.

Mário de Sá-Carneiro

Mário de Sá-Carneiro

A entrada do planeta Vênus, regente do amor e do afeto, no signo de Virgem é um convite do Cosmos para que você repense as formas possíveis de resgatar a pureza dos relacionamentos e revisitar os princípios que regem a sua forma de se relacionar.

Observe-se que, lingüisticamente falando, amar é um verbo. Ou seja, uma palavra que designa uma ação, não um sentimento. O amor, um sentimento, é fruto da ação amar. As pessoas, carentes de significado em suas vidas, é que transformam o verbo amar em um sentimento e acabam sendo levadas por esses sentimentalismos e emocionalidades. O glamour hollywoodiano, a literatura e as novelas de TV nos ensinam que nós não somos realmente responsáveis, pois nosso comportamento é fruto de nossos sentimentos. Mas os roteiros cinematográficos não refletem a realidade. Se nossos sentimentos controlarem nossas ações, estaremos abdicando de nossas responsabilidades e transferindo a apenas uma parte de nós o comando de tudo.

Portanto, amar, verbo, não significa sentir algo, mas fazer algo. Amar é cuidar, proteger, partilhar. Amar é considerar, doar-se, manifestar afeto.

As pessoas que amam de verdade fazem do amar um verbo, pois sabem que o amor é algo que se realiza e se cultiva: os cuidados, o desprendimento, o colocar os interesses do outro no centro das suas atenções. Amar, portanto, é um bem, um ativo patrimonial na contabilidade dos relacionamentos, um bem que se valoriza por meio de atos amorosos.

As pessoas que amam de verdade subordinam os sentimentos aos valores e aos princípios. Somente assim o amor, sentimento, poderá ser recapturado.

E como começamos com poesia, terminemos idem. Mas desta vez, para nos ajudar a refletir sobre o significado do amor em nossa vida, os versos do poeta pernambucano João Luís Martins:

 

Acende uma luz na cabana da clareira

E sai a mulher com o brocado de flores,

Ainda em molhadas contas

Cantarolando canções do campo e  desejando

Que seu homem fizesse um trabalho bom.

 

Não queria o ótimo

Queria tudo o que fosse simples

E para repartir o pão-da-mesa bastavam

Os olhos cheios de ternura um com o outro

O coração cheio de amor e a luz da vela

Brilhando as intenções de ambos

Tudo isso queria ela

E o seu desejo dava-lhe luz aos olhos,

Qual a vela, poderia ser.

 

Lá vem a mulher do brocado de amor

Flores buscadas numa manhã-de-calor

O cheiro do ar forte, como fortes são os dois

Quando se unem à noite ou à tardinha

Bem no cume da clareira.

 

E ela espera pela vinda dele

E ele espera onde está pela espera do rosto dela

Fitando as ilusões que eles criam:

O trabalho que os dois conspiram em criar

Sua casa arrumada por ele

E o jardim, bom amigo, por ele construído com amor

 

Sim, o mesmo amor de um beijo

Casal de Camponeses, por Vincent Van Gogh

Casal de Camponeses, por Vincent Van Gogh

Quando da vela não se apaga com um sopro,

Molha a mão dele na boca úmida dela

E pega na chama

E arde as emoções dos dois

Pois a luz chega ao fim de sua trajetória

Objetiva em iluminar,

Passando ao desafio objetivo em agora

Deixar, no escuro, que vivam um amor

Bem forte como o trabalho,

Cultivado como o jardim,

Querido por todos aqueles corações

Que se unem e deixam-se horas a gastar

A gostar do amor que, aos poucos, os toma aos dois.

Anúncios

Sobre Haroldo Barros

Sou profissional da Astrologia e outras práticas da evolução humana há vinte e cinco anos. A minha contribuição para a ordem cósmica consiste em ajudar as pessoas encontrarem os caminhos e os meios de cultivar a própria felicidade.

Publicado em 30/09/2012, em Posts Astrais. Adicione o link aos favoritos. 8 Comentários.

  1. Geraldo Mendes Filho

    Perfeita descrição do que é o amor e do que é o amar. Uma mudança simples de apenas uma vogal que carrega uma complexa e vital mudança.

  2. denise christian

    Lindo texto, e inspirador nessa época que o amor é um sentimento ,meio que pouco valorizado , mas quem o tem e doa certamente em algum momento , tambem recebe,
    para mim é dos mais belos dos sentimentos. Vou aproveitar bem este transito e curtir
    muito o meu amor!!!! rs

  3. 02Out2012
    Olá,
    belíssimo texto. E em meio a tanta poesia, lembrei-me de Drummond:
    “Que pode uma criatura senão,
    entre criaturas, amar?
    amar e esquecer,
    amar e malamar,
    amar, desamar, amar?
    sempre, e até de olhos vidrados, amar? (…)”

    Contudo, entre a ação (verbo) e o sentimento, vivemos dias em que é preciso o exercício da ação (amar) diariamente, nas pequeninas coisas, para que possamos contribuir na construção de dias melhores envoltos do sentimento (amor) e repletos de afeto… Pois que venha Vênus em Virgem a nos iluminar neste exercício !!

    Suas palavras me inspiram a acreditar em dias melhores, mais tolerantes… mais plenos de Amor Maior…

    Luz e Prosperidade em seu caminhar,
    terno abraço e
    Obrigada !!!

  4. Leide Maria

    K texto lindo, fiquei emocionada, principalmente pelo momento q estou vivendo…
    Espero que a primavera traga dias melhores…
    Abraços e continue c esse belo trabalho
    Leide

    • Cara Leide,
      Obrigado pelo bondoso feedback!
      Pois é… As coisas que acontecem em nossa vida vão se retratando no céu… A missão do astrólogo fazer com que tudo isso faça sentido para as pessoas.
      Boa sorte!!!

Faça seu comentário, pergunta ou sugestão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: