Mercúrio em quadratura com Júpiter

Crise entre esses dois planos da alma, indicando desarmonia entre a mente racional e a capacidade comunicativa, de um lado e a sabedoria e a autoridade, de outro.

Segundo a Mitologia Grega, Mercúrio (ou Hermes) era o filho dileto de Júpiter (ou Zeus) e seu “secretário”, arauto ou mensageiro. Para tanto, Mercúrio era investido de uma capacidade especial: conhecia todos os caminhos, vias e estradas; além disso, penetrava em todos os reinos divinos (níveis de consciência), indo desde as profundezas dos abismos infernais (inconsciente) até as majestosas alturas olímpicas  (supraconsciente).

MercúrioA nossa mente racional, portanto, deve estar a serviço da mente transcendente, da Sabedoria, simbolizada por Júpiter. A mente nada mais é do que uma serva obediente dessa Sabedoria. Isso quer dizer que ela pode ser “programada”, como um computador, para atingir determinados objetivos. Se não fizermos isso (com Sabedoria), o meio sócio-cultural, a realidade negativista o fará por nós, impregnando-nos de falsas crenças limitantes que nos impedem de aproveitar todas as nossas potencialidades.

A quadratura de Júpiter com Mercúrio indica a possibilidade de uma “programação” errônea de nossa mente ativa. Fique atento, portanto, para fazer o devido processamento das informações que você receber nesse período (ideias, palavras, sentimentos, emoções, etc.).

Por outro lado, pode haver excessos na tentativa de uma boa comunicação. Lembre-se: comunicar-se bem não é falar “difícil”, muito menos falar “muito”. Ao contrário, a abundância de palavras inúteis, como diz Gustave Le Bon, é sintoma certo de inferioridade mental. Portanto, fale com objetividade e clareza, usando o mais possível o próprio padrão de linguagem do seu interlocutor, ou seja, falando em sua própria língua; e não tente impressionar os outros com uma verborréia prepotente e grandiloqüente que nãoZeus_arte levará a nada.

Você pode ser elegante e refinado, mas mantendo a simplicidade e, com certeza, alcançará resultados bem mais interessantes.

Sobretudo, faça o melhor uso possível de sua palavra: que ela seja o veículo por meio do qual a paz e a harmonia se façam presentes no mundo.

E lembre-se do que dizia Shakespeare: “a ignorância é a praga de Deus; o conhecimento é a asa com a qual voamos para o Céu.”.

Dica Bibliográfica

A dica é o famoso discurso que ficou conhecido como “Eu Tenho Um Sonho“. proferido por Martin Luther King Jr., no dia 28 de Agosto de 1963, em Washington.

Vale a pena conhecê-lo!

Você vai ouvir um homem que soube usar a força das palavras, orientado por uma sabedoria superior, que foi capaz de criar um marco significativo na história da luta pela liberdade, pela igualdade e pelos direitos universais do homem.

Alguns trechos:

 

(…)

Tenho um sonho que um dia esta nação levantar-se-á e viverá o verdadeiro significado da sua crença: “Consideramos estas verdades como evidentes por si mesmas, que todos os homens são criados iguais”.

Tenho um sonho que meus quatro pequenos filhos viverão um dia numa nação onde não serão julgados pela cor da sua pele, mas pela qualidade do seu caráter.

(…)

Tenho um sonho, hoje.

Tenho um sonho que um dia todo os vales serão elevados, todas as montanhas e encostas serão  niveladas, os lugares ásperos serão polidos, e os lugares tortuosos serão endireitados, e a glória do Senhor será revelada, e todos os seres a verão, conjuntamente.

Esta é nossa esperança. Esta é a fé com a qual regresso ao Sul. Com esta fé seremos capazes de retirar da montanha do desespero uma pedra de esperança. Com esta fé poderemos transformar as dissonantes discórdias de nossa nação numa bonita e harmoniosa sinfonia de fraternidade. Com esta fé poderemos trabalhar juntos, rezar juntos, lutar juntos, ir para a prisão juntos, ficarmos juntos em posição de sentido pela liberdade, sabendo que um dia seremos livres.

Esse será o dia quando todos os filhos de Deus poderão cantar com um novo significado: “O meu país é teu, doce terra de liberdade, de ti eu canto. Terra onde morreram os meus pais, terra do orgulho dos peregrinos, que de cada localidade ressoe a liberdade”.

(…)

Que de cada localidade, a liberdade ressoe.

 

Detalhe:

No dia em que King proferiu esse famoso discurso, Mercúrio acabara de ingressar em Libra, o signo dos direitos sociais, da justiça e do equilíbrio. E Júpiter estava em Áries, formando uma configuração de extrema força com Marte e o Nodo Norte da Lua. Não é à-toa que, até hoje, aquelas palavras causam tanto impacto!

Um link para um vídeo do discurso, na íntegra (clique na imagem):

King I have a dream

Anúncios

Sobre Haroldo Barros

Sou profissional da Astrologia e outras práticas da evolução humana há vinte e cinco anos. A minha contribuição para a ordem cósmica consiste em ajudar as pessoas encontrarem os caminhos e os meios de cultivar a própria felicidade.

Publicado em 04/12/2015, em Posts Astrais. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Norma de A. Cardoso

    Mais uma palavra além do meu agradecimento, sobre o Post: ‘Precioso’.

  2. JOSE MARIO AUSTREGÉSILO

    Fico, sempre, muito grato pelas observações que apontam para uma disciplina interior ante uma disciplina exterior; percebo que o equilíbrio entre esses pontos é uma busca constante. A postagem de hoje está diretamente relacionada com esta questão. Abraços, José Mario Austregésilo

  3. Maria Melo

    Muito interessante e belo esse discurso de M. L. King! Obrigada, Haroldo suas informações tem muito a nos acrescentar. Nos fazer refletir e contribuir para uma auto-análise.

Faça seu comentário, pergunta ou sugestão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: