Triangulação entre Vênus, Saturno e Netuno

Significativa triangulação entre Netuno, Vênus e Saturno, indicando a possibilidade de resgate da magia e fé no sentido do amor.

“Como é pobre o coração que não sabe amar, incapaz de se embriagar de amor! Se tu não amas, que explicação te dás da ofuscante luz do Sol e da mais leve claridade da Lua?”

Omar Khayyan

Omar Khayyan

Com esses versos, o poeta árabe Omar Khayyan sintetiza bem o sentimento de ebriedade apaixonada que nos domina, quando somos tomados pela grande centelha de eternidade, o amor, amálgama do Universo, força capaz de transformar impossíveis em possíveis, morte em vida e trevas em luz.

Estamos falando, sem dúvida, da maior força emocional do Ocidente.

Vivemos do amor e pelo amor e em seu nome cometemos as mais desvairadas loucuras, assim como os mais sublimes sacrifícios. A maioria de nós acostumou-se a pensar que a vida só tem sentido se estivermos apaixonados, vivendo uma linda história de amor. Preferimos, é claro, um final feliz, mas antes uma história de amor com final infeliz do que história de amor nenhuma.

Assim somos nós.

Assim construímos uma civilização que suspira, chora e se emociona, ante a simples possibilidade (ou a impossibilidade!) desse encontro. Procuramos almas gêmeas, consultamos astrólogos, cartomantes e videntes, sonhamos e esperamos, enquanto o mundo gira ao redor de nosso coração, centro imutável e quase sempre insatisfeito desse róseo universo.

Os produtores hollywoodianos, modernos menestréis, aproveitam bem essa característica e nos vendem (a peso de ouro) todas essas emoções, embrulhadas em lindos pacotes. E cada vez que compramos um desses pacotes, ficamos ainda mais expectantes, ansiosos pela nossa vez de receber as visita da fada-madrinha e encontrar o príncipe (ou princesa!).

E nem é preciso repetir aquilo que todos já sabemos de cor: que o amor é como uma flor, que tem que ser regada todos os dias; que o amor transforma as pessoas; que o amor só pode ser medido pelo grau de sacrifício que ele exige; que o amor é a maior coisa que existe ou que é a “coisa mais esplendorosa”.

Mas o fato de que sabemos tudo isso não é garantia de que o coloquemos em prática. Na maioria das vezes, as pessoas esperam que o outro regue a flor que nos conquistará, dia a dia; que o outro se transforme em holocausto de amor por nós; que o outro mostre, por meio de seus sacrifícios, o quanto nos ama; e assim nos sentiremos esplendorosos.

E, quando não somos atendidos nessas expectativas, nosso universo desmorona, sentimo-nos a última das criaturas e acabamos perdendo a fé no poder e nos efeitos do amor.

Insana raça humana!

A triangulação entre Vênus, Netuno e Saturno é um convite a que voltemos a acreditar no poder desse sentimento, embriagando-nos e encantando-nos com ele! Se você ama, acredite nisso, dê uma nova chance, permita-se envolver, perdoar, aceitar de novo, recomeçar, reconciliar, ajudar, entregar-se, etc.

Isso pode significar um sentido mais amplo para a sua visão de mundo e a sua ação.

Mas entenda que o primeiro movimento é de fé! Reconheça que o ser humano não nasceu para permanecer só e o afeto, acompanhado por uma saudável crença positiva, é o cimento que nos une. Aproveite, portanto, o momento e deixe-se levar pelo sentimento, que é o que constrói.

E lembre-se: se você crê em alguma coisa, você a vê. Com o amor (sobretudo) não é diferente.

Dica Cinematográfica

O filme Tróia (Troy, USA, 2004), dirigido por Wolfganf Petersen e estrelado por uma verdadeira constelação, incluindo Brad Pitt, Orlando Bloom, TroyDiane Kriger e Eric Bana.

Você vai conhecer a história de um homem (O Príncipe Páris) que com sua insanidade destruiu uma cidade inteira, em nome do amor. E de outro homem (Aquiles, um os mais famosos guerreiros da Mitologia Clássica), que apenas sabia destruir, mas que optou aprender a amar.

P.S.

Muito embora o filme Tróia tenha deturpado e mutilado de forma lamentável o mito original, o romance entre os personagens Páris e Helena e Aquiles e Briseida pode ilustrar os conceitos acima.

Anúncios

Sobre Haroldo Barros

Sou profissional da Astrologia e outras práticas da evolução humana há vinte e cinco anos. A minha contribuição para a ordem cósmica consiste em ajudar as pessoas encontrarem os caminhos e os meios de cultivar a própria felicidade.

Publicado em 11/12/2015, em Posts Astrais. Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Haroldo, está triangulação ocorre em determinada data ou período de tempo? Já estamos sob sua influência?

    Abraço,
    Angela

  2. JOSE MARIO AUSTREGÉSILO

    Sempre atento aos seus ensinamentos. Gratidão.

  3. Haroldo. Me sinto parte desta triangulação, mas o medo de amar outra vez me assusta.

Faça seu comentário, pergunta ou sugestão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: